Conecte-se conosco

Inscrever-se

Campo Limpo Paulista

Prefeitura recebe reivindicações dos professores

Antes mesmo da volta às aulas, a administração municipal recebeu um grupo de professores que apresentou na sexta-feira passada (4) uma pauta de reivindicações com 14 itens. A comissão foi recebida pelo chefe de gabinete, Leandro Bizetto,  além dos gestores de Educação, Vinícius Neves; de Finanças, Fábio Silva, e de RH, Ana Laura Vitor.

A principal reivindicação das professoras presentes foi a equiparação do piso salarial do professor no município, inclusive, já prevendo o aumento sugerido pelo governo federal através de portaria, de 33,23%. Hoje, o piso nacional da categoria é de  R$ 2.886, sendo reajustado vai para R$ 3.800, por 40 horas. ”O reajuste salarial do funcionalismo público foi vetado nos últimos dois anos em função de lei federal (Lei Complementar 173/2020) proibindo aumentos de gastos com os servidores até dezembro do ano passado. Mas já estamos avaliando essa recomposição salarial”, afirma Bizetto.

A comissão foi informada que a Prefeitura de Campo Limpo Paulista já trabalha com planilha de impacto financeiro para entender se é possível atender à solicitação e deve dar uma resposta, até o final de fevereiro, sobre a propositura. Quanto aos demais itens da pauta, foram informados que o 13º salário volta a ser pago no final do ano e solicitações como quinquênios, licença prêmio e férias, devem ser feitas via protocolo.

Toda pauta foi esclarecida pelos gestores à comissão de professores. A reunião teve a participação do Sindicato dos Funcionários Públicos de Campo Limpo Paulista.

A Prefeitura de Campo Limpo Paulista a partir deste mês, também aumentou para R$ 400 o valor do cartão alimentação. O benefício era fornecido no valor de R$262,78 (incorporando a cesta básica e o antigo cartão alimentação), tendo um aumento 52%. O chefe de gabinete diz que apesar de um ano difícil de saneamento das contas públicas, o funcionalismo municipal sempre esteve entre as prioridades da gestão.

Os professores passaram quase dois anos trabalhando remotamente, para sua segurança e também, dos alunos. Para tanto, receberam treinamento e apoio pedagógico. Em 2022, encontrarão as escolas municipais em melhores condições, pois passaram por manutenção, reforma e limpeza. Até o meio do ano, cada professor terá seu próprio computador e nas salas de aula, vão conectá-los às Tvs que serão instaladas, facilitando cada vez mais o processo educacional.

Para o secretário de Educação Vinicius Passarin Neves o professor passou por um período difícil, mas os avanços começaram no ano passado e vão continuar. O diálogo e a empatia são fundamentais, sempre. “Acredito que essa comissão recebeu todas as orientações e é muito importante que tanto ela, como a própria Prefeitura divulguem aos professores tudo que está sendo feito”.

A Secretaria de Educação de Campo Limpo Paulista também já começou as reuniões para tratar do novo Estatuto do Magistério.

Cadastre-se

Insira seu email para receber as novidades

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Matérias mais vistas

Prédio do novo Fórum da Comarca de Itupeva é inaugurado

Itupeva

TCE julga irregular repasse de R$ 98 milhões para o HSV em 2015

Jundiaí

Carnaval 2022: Veja o que abre e fecha em Campo Limpo Paulista

Campo Limpo Paulista

Cultura lança o programa Pé de Ouvido

Jundiaí

Cadastre-se

Insira seu email para receber as novidades

Jundiaí Notícias é marca registrada. Região Metropolitana de Jundiaí abrange Cabreúva, Campo Limpo Paulista, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira e Várzea Paulista.

Conectar
Cadastre-se

Insira seu email para receber as novidades