Conecte-se conosco

Inscrever-se

Campo Limpo Paulista

Prefeitura convoca Sabesp e cobra ações de enfrentamento à crise hídrica

O prefeito Luiz Braz convocou na segunda-feira (13) uma reunião com a concessionária Sabesp – responsável pelo abastecimento de água no sistema que atende Campo Limpo Paulista e Várzea Paulista. A empresa anunciou rodízio de água a partir de segunda nos dois municípios. O motivo é que o nível de captação necessário para atender o sistema está baixo. O nível necessário é de 500 L/s, e atualmente registra-se um nível em 250 L/s, o que representa 50% do que é necessário.

Durante o encontro, Braz cobrou mais clareza da concessionária sobre as medidas que estão sendo adotadas. “Fomos pegos de surpresa com esse racionamento, bem como toda a população e agora estamos trabalhando fortemente para criar soluções para este problema.”. Além disso, anunciou melhorias a curto e a longo prazo, como a construção de uma adutora que capta água da represa de  Mairiporã – o projeto já está pronto, aguardando licenciamento ambiental.

Outro projeto que foi colocado em pauta na reunião foi uma reservação de água no Parque Internacional, antes da captação da Sabesp no Rio Jundiaí. A área está sendo apresentada para licenciamento ambiental e a obra pode ser feita de forma emergencial. “Não vamos ficar parados. É preciso correr porque acreditamos que a chuva de verão vai chegar. Mas já vamos trabalhar para uma próxima estiagem, no ano que vem. A cidade já desperdiçou oito anos, agora não vamos mais esperar o tempo passar”, afirma Luiz.

Com a previsão de chuvas no decorrer desta semana, a situação vai melhorar. Segundo a concessionária, chuvas não muito intensas em dias consecutivos, amenizam o problema neste momento. Ainda há um trabalho emergencial da Prefeitura, através da Defesa Civil, em conjunto com a Sabesp, que está percorrendo chácaras e sítios a montante do Rio Jundiaí solicitando abertura de comportas de lagos, a fim de ampliar o volume de água possível de captação.

Com o racionamento 1×1 – ou seja, um dia com água e outro não – a Sabesp acredita que haverá maior organização da distribuição de água e controle operacional. O superintendente da Sabesp Antônio Carlos Teixeira disse que algumas ações imediatas estão sendo feitas, como uma barragem no Rio Jundiaí, antes da ETE (Estação de tratamento de Esgoto) e mais 10l/s que chegam da Dae de Jundiaí, aumentando a capacidade do sistema. “Também estamos tentando a abertura de poços profundos para aumentar a oferta hídrica”.

De acordo com o gerente de divisão regional da Sabesp, Marcelo Maioli, o sistema foi planejado para minimizar, na medida do possível, os impactos à população. O rodízio terá 2 blocos de bairros para revezamento no abastecimento. Assim, cada bloco ficará 1 dia sem água (24 horas) e 1 dia com água (24 horas). O retorno do abastecimento será a partir das 8 horas, com retomada gradativa.

Os gestores da Sabesp comentaram que a situação do abastecimento parecia controlada até o dia 7. Em questão de dias, o sistema teve redução de 100 l/s, obrigando a empresa a fazer manobras que ocasionaram a falta d’água. O atendimento na empresa pode ser feito pelo 195 ou no escritório local, não descartando a entrega de água por caminhão pipa em locais mais afetados.

Reunião – Ainda na segunda-feira, a Prefeitura reuniu representantes do poder legislativo para explicar e sanar dúvidas a respeito da crise hídrica no município. A reunião foi conduzida pelo gestor ambiental Neive Noguero. “O resultado foi muito satisfatório. É fundamental contarmos com a ajuda do poder legislativo para nos auxiliar neste momento. Com um trabalho em conjunto, conseguiremos passar por mais essa etapa”. Desde o período de estiagem, no meio do ano, a Prefeitura tem trabalhado em campanhas de conscientização e alertado a população sobre a importância do uso consciente de água. Agora, isso precisa ser algo constante no dia a dia da população até que a situação se normalize.

Cadastre-se

Insira seu email para receber as novidades

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Matérias mais vistas

Prédio do novo Fórum da Comarca de Itupeva é inaugurado

Itupeva

TCE julga irregular repasse de R$ 98 milhões para o HSV em 2015

Jundiaí

Carnaval 2022: Veja o que abre e fecha em Campo Limpo Paulista

Campo Limpo Paulista

Cultura lança o programa Pé de Ouvido

Jundiaí

Cadastre-se

Insira seu email para receber as novidades

Jundiaí Notícias é marca registrada. Região Metropolitana de Jundiaí abrange Cabreúva, Campo Limpo Paulista, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira e Várzea Paulista.

Conectar
Cadastre-se

Insira seu email para receber as novidades