Conecte-se conosco

Inscrever-se

Itu

Defesa Civil prossegue com Operação Estiagem

Ocorrências de fogo em mata são corriqueiras no período de estiagem, apesar da prática ser considerada crime ambiental com pena de multa e prisão

A Secretaria de Segurança, Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana e Rural, por meio da Defesa Civil de Itu iniciou no dia 1º de maio a Operação Estiagem. O objetivo é conscientizar a população sobre queimadas, além de coibir a prática durante o período de tempo seco.

A Operação segue até o dia 30 de setembro, e deve abranger a sociedade através da distribuição de panfletos, divulgação de vídeos educativos, palestras e comunicação especial com segmentos da Educação Infantil, contando com o apoio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

Ocorrências de fogo em mata são corriqueiras no período de estiagem, apesar da prática ser considerada crime ambiental com pena de multa e prisão. “Nesse momento, é muito importante o apoio da população para garantir a integridade das áreas verdes e florestas de Itu. Essa preservação reflete diretamente em nossa qualidade de vida. Atear fogo em mata também é crime previsto em Lei e Decreto Municipal”, explica o diretor de Proteção e Defesa Civil, Paulo Guerreiro.

Desde o início da operação, a Defesa Civil já registrou 13 situações, entre ocorrência, advertência e também multas das denúncias feitas a Secretaria de meio Ambiente. Em 2021, durante toda a operação foram registrados 83 focos de incêndio. Ainda segundo a Defesa Civil, o mês de agosto é considerado o mais crítico durante o período de estiagem.

As principais causas de fogo em mata, registradas pelo Corpo de Bombeiros, são as bitucas de cigarro lançadas em rodovias, a queima de lixo, a queima não controlada em pastos e canaviais sem aceiro, queima de resíduos após limpeza de terrenos, fogueiras e queda de balões. “Pedimos a colaboração de todos para reforçar os perigos causados por incêndios na mata aos moradores do entorno e à natureza como um todo. Na época da estiagem o ar seco e os fortes ventos contribuem para o alastramento dos focos de incêndio”, ressalta. “Denuncie essa prática criminosa e, caso aviste fumaça ou fogo contate imediatamente a Defesa Civil através do telefone 199 ou o Corpo de Bombeiros através do telefone 193”, alerta Guerreiro.

Cadastre-se

Insira seu email para receber as novidades

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Matérias mais vistas

Prédio do novo Fórum da Comarca de Itupeva é inaugurado

Itupeva

TCE julga irregular repasse de R$ 98 milhões para o HSV em 2015

Jundiaí

Carnaval 2022: Veja o que abre e fecha em Campo Limpo Paulista

Campo Limpo Paulista

Cultura lança o programa Pé de Ouvido

Jundiaí

Cadastre-se

Insira seu email para receber as novidades

Jundiaí Notícias é marca registrada. Região Metropolitana de Jundiaí abrange Cabreúva, Campo Limpo Paulista, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira e Várzea Paulista.

Conectar
Cadastre-se

Insira seu email para receber as novidades